As 10 Empresas Mais Lucrativas do Mundo em 2020

As 10 Empresas Mais Lucrativas do Mundo em 2020

Nós publicamos anteriormente a lista das empresas mais valiosas do mundo. No entanto, é surpreendente que aquela lista seja muito diferente da lista atual das empresas mais lucrativas.

O ponto é que uma empresa pode ser valiosa e às vezes até supervalorizada, mas gerar menos receita do que outra empresa análoga.

Gostaríamos de apresentá-lo à lista TOP 10 dessas empresas. Neste artigo, você aprenderá quais empresas geraram o maior lucro para seus proprietários no último ano.

Deve-se notar que analisamos os dados de produção e demonstrações financeiras das empresas a partir de 20 de janeiro de 2020.

Então, vamos começar.

TOP 10 Empresas em Questão de Rendimento

#1

Walmart

US$ 514.405 milhões
Walmart Supermarket

Indústria: Negócio de varejo.
Produtos: Comida de padaria, cervejas, alimentos crus congelados, carne, produtos farmacêuticos, frutos do mar e outros produtos.

O Walmart está no TOPO da lista das empresas mais lucrativas do mundo.

O Walmart é a maior cadeia de varejo de múltiplas lojas que oferece produtos a preços mais baixos do que a média dos Estados Unidos e Canadá. Foi fundada por Sam Walton e está sediada em Bentonville, localizada na parte noroeste do estado de Arkansas.

Curiosamente, até agora, o Walmart não conseguiu estabelecer o mesmo sistema de entrega eficaz que o da Amazon, por exemplo.

Porém, às vezes a empresa traz ideias originais à tona. Por exemplo, os compradores que concordaram em entregar mercadorias aos seus vizinhos que compraram online receberam um sistema de descontos em 2013.

Apesar de seu primeiro lugar no ranking, o Walmart tem suas deficiências, entre as quais estão problemas com expansão, batalha competitiva contra a Amazon, e frequentes críticas de seus clientes.

No entanto, estas críticas estão longe de serem graves, permitindo seu nível de capitalização e influência internacional.

De acordo com muitos especialistas analíticos, o Walmart pode “entrar em colapso” apenas sob o seu “próprio peso” devido ao seu tamanho. Ninguém sabe se o gigante, com seu sistema arcaico de organização do processo de trabalho, pode se adaptar rapidamente ao mercado em crescimento acelerado, em que você precisa estar pronto 24 horas por dia, 7 dias por semana, para reorganizar suas posições prontamente.

#2

Sinopec Group

US$ 414.649 milhões
Sinopec

Indústria: refino de petróleo.

A China Petroleum & Chemical Corporation (Grupo Sinopec) é uma das empresas estatais chinesas mais poderosas e uma das mais lucrativas do mundo. Ocupa o segundo lugar no ranking.

Foi criada em julho de 1998 após a reorganização da estatal China Petroleum & Chemical Corporation, que estava em operação desde 1983. A Sinopec está envolvida na exploração e desenvolvimento de campos de petróleo e gás, e também no processamento e venda de petróleo e gás e seus produtos derivados.

Curiosamente, Chén Tónghǎi, que foi sentenciado à mais terrível punição – pena de morte – por suborno em 2009, foi presidente da empresa de 2003 a 2007.

É engraçado que Wang Tianpu, o ex-chefe do Grupo Sinopec da China, tenha sido condenado a 15,5 anos de privação de liberdade também por suborno em janeiro de 2017.

#3

Royal Dutch Shell

US$ 396.556 milhões
Shell

Indústria: Extração e refino de petróleo e gás, produção química.
Produtos: Petróleo.

A empresa britânica de petróleo e gás ocupa a 3ª posição no ranking Fortune Global 500 em termos de receita. Está sediada em Haia (Países Baixos).

O grupo de empresas foi fundado em 1907 através da fusão da Royal Dutch Petroleum Company e da Companhia de Transportes e Trading “Shell” Ltd. O sindicato tornou-se necessário para competir com a empresa norte-americana Standard Oil no mercado internacional.

A empresa faz exploração e extração de petróleo e gás em mais de 80 países. A Shell possui total ou parcialmente mais de 30 plantas de refinaria de petróleo. A empresa também possui a maior rede de postos de combustíveis (mais de 43.000 estações) em todo o mundo. Além disso, um grande número de fábricas de produtos químicos pertence à empresa. Suas áreas de interesse também incluem a produção de baterias solares e o desenvolvimento de outras fontes alternativas de energia.

#4

China National Petroleum

US$ 392.976 milhões
CNPC

Indústria: refino de petróleo.

A China National Petroleum é a maior empresa chinesa de petróleo e gás com sede em Pequim. A empresa ocupa o 4º lugar na classificação Fortune Global 500 entre as empresas que geraram as maiores receitas.

A CNPC foi fundada em 17 de setembro de 1988 com base em ativos comerciais pertencentes ao Ministério do Petróleo da República Popular da China dissolvida. A principal tarefa da empresa, detida a 100% pelo estado, é a exploração geológica de territórios e o desenvolvimento de campos onshore e offshore de petróleo e gás.

A empresa tem atuado internacionalmente desde 1993. As áreas de interesse da empresa incluem países como Cazaquistão, Azerbaijão, Rússia, Venezuela, Omã, Peru, Sudão e Turcomenistão.

#5

State Grid

US$ 387.056 milhões
State Grid Corporation of China

Indústria: energia elétrica.

A State Grid Corporation da China é uma empresa chinesa de rede que é a maior do setor em todo o mundo. Ela ocupa o quinto lugar na lista TOP 10 das empresas com os maiores rendimentos do mundo.

A State Grid foi criada em 2002 por decreto do Conselho de Estado da República Popular da China como um subproduto da reforma em três estágios do setor de energia do país, iniciada em 1986.

A reforma separou a antiga State Power Corporation da China de duas empresas de rede, resultando em um sistema de energia elétrica estatal. Atualmente, a State Grid possui e administra cinco empresas de rede regionais e 24 empresas de energia elétrica.

A empresa se concentra principalmente na criação e operação de redes elétricas dentro e fora da China (por exemplo, Filipinas e Brasil). A corporação detém o monopólio da transmissão e venda de energia no mercado doméstico.

#6

Saudi Aramco

US$ 355.905 milhões
Saudi Aramco

Indústria: Extração e refinaria de gás e petróleo.
Produtos: Petróleo, gás natural e outros produtos petroquímicos.

Saudi Aramco (Saudi Arabian Oil Company) é uma das empresas mais misteriosas dessa lista

O interessante é que até 2019, a empresa nunca esteve na classificação Global Fortune 500, sem ser mencionada no top dez.

O que acontece é que a gigante petroleira emitiu oficialmente sua primeira declaração financeira em março de 2019. De acordo com eles, a renda líquida da empresa atingiu US$111,1 bilhões em 2018, que é quase o dobro do que a Apple ganhou.

Além disso, em dezembro daquele ano, a Saudi Aramco listou suas ações na bolsa de valores Tadawul. Com isso, a capitalização de mercado da empresa cresceu para US$1,88 trilhão, o que a tornou a empresa mais valiosa do mundo.

Hoje, a SA é considerada a líder mundial de produção e reservas de petróleo.

Outro fato interessante: a Saudi Aramco foi fundada em 1933 em Delaware, EUA. Até 1944, seu nome era California-Arabian Standard Oil, e de 1944 a 1988 – a Arabian American Oil Company (Aramco).

Basicamente, a fundação da empresa foi iniciada pelo American Standard Oil of California, que tinha recebido a concessão do governo da Arábia Saudita. Mais tarde, outras empresas como a Texas Oil Co (Texaco), Standard Oil of New Jersey (agora Exxon) e a Socony Vacuum (agora Mobil) também se tornaram acionista da Aramco.

Hoje, a empresa pertence ao governo da Arábia Saudita. Sua sede principal fica em Dhahran.

#7

BP

US$ 303.738 milhões
British Petroleum

Indústria: extração, processamento de petróleo e gás.
Produtos: Petróleo.

No início do século XXI, a BP começou a prestar atenção especial à energia alternativa e à questão da redução de emissões na atmosfera.

A BP iniciou as campanhas “Cidade Limpa” por toda a Europa, lançou um programa para a venda de licenças de emissão de gases com efeito estufa e expandiu a produção de energia solar. Uma subdivisão especial para energia alternativa foi criada, cuja tarefa era expandir as capacidades da empresa na produção de energia solar, eólica, de hidrogênio e gás.

#8

Exxon Mobil

US$ 290.212 milhões
Exxon Mobil

Indústria: Indústria de Petróleo e Gás.
Produtos: Petróleo.

A ExxonMobil é a maior empresa de petróleo e gás do mundo, cujas ações são negociadas livremente no mercado aberto de títulos.

A empresa opera instalações de produção e promove produtos em todo o mundo, bem como exploração de petróleo e gás natural em seis continentes.

Esta empresa é líder na indústria de petróleo e gás em quase todas as áreas de energia e petroquímica.

#9

Volkswagen

US$ 278.341 milhões
Volkswagen Group

Indústria: Automotiva.
Produtos: Carros.

O Grupo Volkswagen, uma empresa automobilística alemã, inclui 48 montadoras de 15 países europeus e 6 países da América, Ásia e África.
Produz mais de 26.600 carros por dia, vende e fornece serviços pós-venda em mais de 150 países do mundo.

Entre as divisões da empresa estão marcas de automóveis bem conhecidas como Volkswagen, Audi, Seat, Skoda, Volkswagen Commercial Vehicles, Bentley, Bugatti, Lamborghini, Scania AB, MAN AG, Ducati, Porsche e ItalDesign Giugiaro.

O Grupo Volkswagen é um dos maiores acionistas da Suzuki Motor Corporation, uma empresa japonesa. A sede da empresa é em Wolfsburg, Alemanha, onde está localizado o AutoMuseu Volkswagen.

10

Toyota

US$ 272.612 milhões
Toyota company

Indústria: fabricação de automóveis.
Produtos: automóveis.

A Toyota, uma empresa japonesa, iniciou suas operações em 1924 e foi fundada por Sakichi Toyoda. É interessante que ele nem se engajou na fabricação de automóveis, mas na produção de teares. Seu filho, Kiichiro Toyoda, interessou-se pela fabricação de automóveis e criou uma divisão para a produção de automóveis com os fundos recebidos da venda de uma patente em uma máquina de produção inteligente.

As vendas anuais de automóveis chegaram a US$ 272 bilhões em 2019. Naquele momento, as vendas de carros no próprio Japão caíram significativamente, o que é um testemunho da atividade da empresa no mercado global.

A sede está localizada em Toyota, Aichi, Japão.

#11 – #50

Aqui você pode ver o top 50 das empresas mais rentáveis em um formato mais curto:

# Empresa Rendimento
11 Apple US$ 265.595 milhões
12 Berkshire Hathaway US$ 247.837 milhões
13 Amazon.com US$ 232.887 milhões
14 UnitedHealth Group US$ 226.247 milhões
15 Samsung Electronics US$ 221.579 milhões
16 Glencore US$ 219.754 milhões
17 McKesson US$ 214.319 milhões
18 Daimler US$ 197.515 milhões
19 CVS Health US$ 194.579 milhões
20 Total US$ 184.106 milhões
21 China State Construction Engineering US$ 181,524 milhões
22 Trafigura Group US$ 180.774 milhões
23 Hon Hai Precision Industry US$ 175.617 milhões
24 EXOR Group US$ 175.009 milhões
25 AT&T US$ 170.756 milhões
26 Industrial & Commercial Bank of China US$ 168.979 milhões
27 AmerisourceBergen US$ 167.939 milhões
28 Chevron US$ 166.339 milhões
29 Ping An Insurance US$ 163.597 milhões
30 Ford Motor US$ 160.338 milhões
31 China Construction Bank US$ 151.110 milhões
32 General Motors US$ 147.049 milhões
33 Mitsubishi US$ 145.243 milhões
34 Honda Motor US$ 143.302 milhões
35 Costco Wholesale US$ 141.576 milhões
36 Agricultural Bank of China US$ 139.523 milhões
37 Alphabet US$ 136.819 milhões
38 Cardinal Health US$ 136.809 milhões
39 SAIC Motor US$ 136.392 milhões
40 Walgreens Boots Alliance US$ 131.537 milhões
41 JPMorgan Chase & Co. US$ 131.412 milhões
42 Gazprom US$ 131.302 milhões
43 Verizon Communications US$ 130.863 milhões
44 Bank of China US$127.714 milhões
45 Allianz US$ 126.799 milhões
46 AXA US$ 125.578 milhões
47 Kroger US$ 121.162 milhões
48 General Electric US$ 120.268 milhões
49 Fannie Mae US$ 120.101 milhões
50 Lukoil US$ 119.145 milhões