August 7, 2020

Os Metais Mais Caros para fazer Negociações em 2020

Os Metais Mais Caros para fazer Negociações em 2020

O que vem à sua mente quando você ouve sobre o metal mais valioso do mundo? Apostamos que muitas pessoas pensam primeiro em ouro, prata ou platina. Mas, na realidade, essas opções estão em algum lugar no meio da lista por seu valor no mercado de commodities.

O preço dos metais preciosos geralmente depende de sua raridade, propriedades, processo de extração, áreas de aplicação e demanda. Se a escassez é sempre constante, todos os outros aspectos comumente dependem de novas tecnologias, situação política ou econômica, e outras questões.

Então, hoje vamos falar sobre os metais mais valiosos comercializados no mercado de commodities. A classificação no Top 7 é baseada em seus preços por kg e está atualizada até 7 de Agosto de 2020.

Aqui estão os sete principais metais preciosos mais caros do mercado de commodities.

#1

Ródio

US$313.469,78 por kg
Rhodium Bullion

Código ISO da moeda: XRH.
Produção anual: por volta de 30 toneladas.
Principais produtores: Cerca de 80% é extraído na África do Sul. Outros produtores são Rússia, Zimbábue, Canadá, Estados Unidos, Colômbia, Botsuana e Finlândia.

O ródio é o metal precioso mais caro do grupo platina, negociado (trade) no mercado de commodities. Hoje, custa mais de US$ 300 mil por kg, cerca de quatro vezes mais que o preço do ouro e quase dez vezes mais que o preço da platina. O motivo para um valor tão alto são as aplicações abrangentes e a alta escassez do metal.

Para comparação, os depósitos de ouro são quatro vezes maiores e os de platina são cinco vezes maiores que os do ródio.

Este metal é comumente utilizado na indústria de iluminação, na produção de espelhos e até em reatores nucleares. Também é conhecido como acabamento resistente para jóias, especialmente para "ouro branco".

Mas quase 80% da demanda por ródio vem da indústria automotiva. O metal é usado em refletores de farol e conversores catalíticos, que ajudam a reduzir as emissões de gases tóxicos e poluentes. O elemento filtra os óxidos de nitrogênio melhor que o paládio ou a platina e é mais fácil de instalar.

O ródio, como opção de investimento, não existia até 2009. Mas hoje, você pode investir facilmente neste metal. E, considerando o crescente interesse da indústria automobilística, pode ser uma boa ideia.

#2

Paládio

US$71.406,81 por kg
Palladium Bullion

Código ISO da moeda: XPD.
Produção anual: por volta de 200 toneladas.
Principais produtores: A Rússia é o principal produtor. Outros são África do Sul, Estados Unidos, Canadá e Zimbábue.

O paládio é o segundo metal mais caro do mercado de commodities. É cerca de 30 vezes mais raro que o ouro ou a platina, o que o torna mais valioso do que esses metais.

Este elemento é um dos maiores concorrentes de ródio na indústria automobilística, pois também é frequentemente usado para conversores catalíticos em veículos a diesel. Ambos os metais convertem cerca de 90% dos gases nocivos no escapamento de automóveis em substâncias menos nocivas.

Assim como no caso do ródio, o paládio ganhou popularidade após o escândalo chamado Dieselgate em 2018. Antes disso, seu preço era muito menor do que o do ouro ou da platina.

Esse elemento também é altamente valorizado nos campos aeroespacial, navegação, aviação, armamento, odontologia, medicina, eletrônica e energia nuclear. É utilizado também para misturas de "ouro branco."

Assim como o ouro, o paládio é considerado uma barreira de inflação atraente e um porto seguro. Além disso, como no caso do ródio, é importante para a indústria automotiva, que pode garantir um mercado em crescimento contínuo.

#3

Ouro

US$65.881,70 por kg
Gold Bullion

Código ISO da moeda: XAU.
Produção anual: por volta de 2.500 a 3.000 toneladas.
Major producers: China, Austrália e Rússia são os três principais. Outros são Estados Unidos, Canadá, Peru, Indonésia, Gana, África do Sul, México, etc.

O ouro ocupa o terceiro lugar como o metal precioso mais valioso do mercado de commodities. Mas é o instrumento de investimento mais popular, principalmente por conta de sua longa história e estabilidade, especialmente em tempos de guerra ou crise.

Ao longo dos séculos, este metal tem sido uma verdadeira moeda para muitos países. Era um sinal significativo de riqueza e poder. Portanto, sempre houve uma demanda e um mercado de ouro.

O metal é usado para eletrônicos, equipamentos aeroespaciais, implantes médicos e odontológicos e até mesmo em alguns medicamentos. Mas, ainda assim, suas principais aplicações são para jóias e trading.

Hoje, o ouro é considerado a opção mais popular de investimento em segurança e como porto seguro. Curiosamente, seu preço geralmente sobe quando o dólar se torna mais fraco. Isso ocorre porque muitos investidores mudam para o metal nos momentos difíceis da moeda, pois é uma excelente barreira contra a desvalorização.

Atualmente, o preço do ouro depende não apenas de sua raridade e aplicações práticas, mas também das condições e da demanda do mercado, impulsionadas principalmente pelas indústrias de jóias, medicamentos e eletrônicos de precisão.

#4

Irídio

US$52.887,98 por kg
Iridium Nuggets

Produção anual: por volta de 3 toneladas.
Principais produtores: Brasil, Estados Unidos, Myanmar, África do Sul, Rússia, Austrália.

O irídio é um dos metais mais raros do grupo da platina no planeta. Seu preço depende não apenas de um volume relativamente pequeno, mas também de dificuldades de produção, demanda, especulações de mercado, políticas nos países produtores e desenvolvimento de tecnologia

Devido à sua dureza, o irídio é perfeito como agente endurecedor de misturas de metais, utilizadas na produção de peças de motores de aeronaves e tubos de águas profundas.

O irídio é geralmente usado em metalurgia, medicina, indústria automotiva, eletrônica, aviação e outros setores. Produtos como pontas de caneta, rolamentos e balanças para bússolas, instrumentos cirúrgicos, dispositivos de memória de computador, lasers de estado sólido, motores de foguete de baixo impulso são feitos desse metal. Pode até ser usado no tratamento de câncer.

Como o irídio é considerado um elemento menor, poucas pessoas investem nele. A melhor maneira de entrar nesse mercado é negociar ações das empresas produtoras ou investir em fundos especiais.

#5

Platina

US$31.668,49 por kg
Platinum Bullion

Código ISO da moeda: XPT.
Produção anual: por volta de 160 toneladas.
Maiores produtores: A África do Sul é o principal produtor. Outros são Rússia, Zimbábue, Canadá, Estados Unidos.

Hoje, conhecemos a platina como um dos metais mais valiosos do mundo. Mas nem sempre foi assim. No começo, as pessoas consideravam a platina como uma prata de baixa qualidade que costumava ser usada para falsificar jóias.

Com o tempo, chegamos a um entendimento de que a platina é muito mais rara que o ouro e se tornou um sinal de nível de prestígio ainda mais alto.

Edição limitada e cara de jóias e relógios, cartões de crédito altamente privilegiados, as recompensas mais altas geralmente são chamadas de "Platina." E embora hoje o ouro seja mais caro e tenha mais áreas de aplicação, a platina mantém seu status de sinal de riqueza.

Até 2018, a platina era amplamente utilizada para conversores catalíticos em veículos a diesel. Mas depois da Dieselgate, a indústria automotiva prefere paládio e ródio por serem mais eficazes.

Entre outras indústrias que usam esse metal estão odontologia, armamento, aeronáutica, computadores, medicina, fabricação de vidro, etc. Itens como equipamentos de laboratório, drogas anticâncer, unidades de disco rígido, velas de ignição e motores de turbina envolvem platina. Mas principalmente é usada para jóias ou como um instrumento de investimento.

A platina tem um mercado menor que o ouro, mas o número de investidores interessados ​​continua crescendo.

É um dos metais preciosos mais voláteis. Durante períodos de estabilidade e crescimento econômico, seu preço tende a ser o dobro do preço do ouro. Mas durante os tempos de incerteza, o valor da platina tende a diminuir, caindo abaixo do preço do ouro.

#6

Rutênio

US$8.680,70 por kg
Ruthenium Nugget

Produção anual: por volta de 30 toneladas.
Principais produtores: Rússia, América do Norte e do Sul, Canadá, África do Sul.

O rutênio também pertence ao grupo da platina e é um dos mais raros, o que o torna bastante caro. Mas como seu uso é menor do que outros metais no GP, seu mercado também é muito menor.

O rutênio é principalmente usado na eletrônica. Por ser mais barato que o ródio e com propriedades muito semelhantes, geralmente é usado para a produção de contatos elétricos, fios e eletrodos. Também serve como catalisador em eletroquímica.

Muitos fabricantes o utilizam como elemento de fortalecimento de misturas de platina ou paládio para melhorar suas propriedades. Algumas áreas interessantes de utilização do rutênio são a radioterapia na medicina, a exposição de impressões digitais latentes e a produção de pontas de caneta-tinteiro.

E em breve, o preço do metal poderá ficar ainda mais alto. Hoje, a comunidade científica pesquisa ativamente sua capacidade de absorver luz, já que isso pode ajudar a desenvolver novos sistemas de energia solar de baixo custo

#7

Prata

US$896,52 por kg
Silver Bullion

Código ISO da moeda: XAG.
Produção anual: por volta de 40.000 toneladas.
Principais produtores: México, Peru, China, Rússia, Polônia, Chile, Bolívia, Austrália, Estados Unidos.

A prata tem uma história muito semelhante à do ouro. Assim como seu "irmão mais velho", é um investimento de porto seguro e bastante popular, pois mantém seu valor, independentemente de qualquer crise. Mas os depósitos de prata são relativamente maiores que os de ouro, o que o torna muito mais barato.

A prata é geralmente negociada a uma fração do preço do ouro. Alguns até trocam o spread entre os preços do ouro e da prata.

Ao contrário do ouro, a prata é mais volátil, pois nos últimos anos ganhou reconhecimento no mundo industrial.

Hoje, é usada na produção de foguetes, submarinos e dispositivos nucleares, computadores, jóias, baterias, circuitos, fotografia, odontologia e medicina, baterias, painéis solares, filtragem de água e muito mais. Entre as propriedades úteis da prata também estão o controle de odores e a prevenção da propagação de bactérias.


Alguns outros metais preciosos têm propriedades semelhantes. Mas seus mercados são pequenos e podem ter opções de investimento limitadas. Aqui estão algumas informações curtas:

Nome Preço/kg aprox. Produção Anual Principais produtores/strong] Aplicações
Ósmio (Os) US$12.800 1 tonelada Rússia, Canadá, África do Sul, Estados Unidos Pontas de caneta-tinteiro, agulhas para toca-discos, contatos elétricos, detecção de impressões digitais, microscopia ótica, implantes cirúrgicos, dispositivos de medição
Rênio (Re) US$4.150 50-60 toneladas Chile, Polônia, Estados Unidos, Uzbequistão, Cazaquistão Energia, eletrônica, elementos de aquecimento, turbinas, aeroespacial, metalurgia, aeronaves
Escândio (Sc) US$3.460 15-20 toneladas Ucrânia, China, Rússia, Cazaquistão, Austrália Pesquisa, aviões de combate, quadros de bicicleta, tacos de beisebol, lâmpadas de vapor de mercúrio, foguetes, robôs, lasers, satélites, aeronaves
Índio (In) US$167 100.000 toneladas China, Coréia do Sul, Japão, Bélgica, França Telas sensíveis ao toque (touch screen), TVs de tela plana, painéis solares, transistores, microchips, acabamento espelhado para janelas, sistemas de extinção de incêndios, motores de aeronaves

Quais São os Metais Base (Industriais)?

Existem dois tipos de metais geralmente negociados nos mercados de commodities:

  • Metais preciosos/nobres (apresentados acima), que são raros, caros, têm alto valor industrial por causa de suas propriedades e podem ser uma ótima opção de investimento.
  • Metais base ou industriais são comumente usados ​​em aplicações industriais, construção e fabricação. Eles são muito mais baratos e amplamente distribuídos nos itens do cotidiano, portanto, em alta demanda nos mercados globais.

Embora o valor dos metais básicos seja muito menor do que o precioso, a demanda, no caso deles, é bastante alta. Portanto, os investidores podem considerar adicionar esses itens ao seu portfólio.

Aqui estão algumas informações breves sobre os metais básicos negociados no mercado de commodities:

Nome Preço/kg Produção anual Principais produtores Aplicações
Cobalto (Co) US$29 140 mil toneladas Congo, China, Canadá, Rússia, Austrália Misturas de metais, imãs, meios magnéticos de gravação, catalisadores, secantes para tintas, etc.
Molibdênio (Mo) US$24 250 mil toneladas China, Chile, Estados Unidos, Peru, México Misturas de metais, armaduras militares, peças de aeronaves, contatos elétricos, motores industriais, lâmpadas de filamentos, fertilizantes, etc.
Lata (Sn) US$17,9 300 mil toneladas China, Indonésia, Bolívia, Peru, Brasil Misturas de metal, revestimento metálico, papel alumínio, tubos dobráveis, solda, etc.
Níquel (Ni) US$14,38 2,7 milhões de toneladas Indonésia, Filipinas, Nova Caledônia, Rússia, Austrália Aço inoxidável, eletrônica, revestimento, catalisadores, baterias recarregáveis, etc.
Cobre (Cu) US$6,45 19,9 milhões de toneladas Chile, Peru, Estados Unidos, China, Congo Fiação elétrica, instalações hidráulicas, equipamentos de transporte, equipamentos elétricos, eletrônicos, equipamentos industriais, etc.
Zinco (Zn) US$2,38 13,2 milhões de toneladas Austrália, Peru, Estados Unidos, China, Índia Misturas de metal, tintas, borracha, cosméticos, produtos farmacêuticos, plásticos, tintas, sabões, baterias, têxteis, equipamentos elétricos, luzes fluorescentes, telas de raios X, etc.
Chumbo (Pb) US$1,91 11,6 milhões de toneladas China, Austrália, Estados Unidos, Peru, México Baterias, blindagem de proteção, munição, folhas industriais, etc.
Alumínio (Al) US$1,72 60 milhões de toneladas China, Rússia, Índia, Canadá, Emirados Árabes Unidos Aeroespacial, latas, automóveis, construção, fiação elétrica, eletrodomésticos, papel alumínio, embalagens, etc.
Ferro (Fe) US$0,12 2,5 bilhões de toneladas Austrália, Brasil, China, Índia, Rússia Produção de aço, concreto armado, vigas, tubos, válvulas, bombas, ímãs, etc.

Como Negociar Metais no Mercado de Commodities?

Todos os metais apresentados acima são frequentemente considerados opções de investimento muito populares, pois não apresentam riscos de crédito e não podem ser inflados. Eles mantêm seu valor melhor que o dinheiro, especialmente em tempos de crises financeiras, políticas ou militares.

Por outro lado, o valor dos metais pode cair significativamente em períodos de segurança econômica. Questões de fornecimento também podem influenciar muito seu valor. Além disso, às vezes é um grande desafio encontrar um comprador para metais físicos, se você os tiver.

Existem algumas maneiras para que um investidor obtenha acesso ao mercado de commodities de metais:

  • possuir metal físico (barras de ouro, moedas ou barras);
  • ETFs de commodities;
  • ações das empresas mineradoras e fundos mútuos;
  • futuros e opções;
  • certificados.

Então, qual é o metal mais caro do mundo?

Metais preciosos, como ródio, ouro, platina e outros, são os elementos mais valiosos amplamente utilizados nos campos industriais e comercializados ativamente nos mercados de commodities. Mas, na realidade, eles não são os mais caros do mundo.

Você já ouviu falar em califórnio? Seu preço atinge cerca de US$ 27 milhões por grama.

Apesar de tanto valor, é realmente de pouco interesse, sendo altamente radioativo e extremamente perigoso. Além disso, este é um metal feito pelo homem, que não é tão fácil de fabricar. Apenas 30-40 microgramas de califórnio são produzidos anualmente na Rússia e nos Estados Unidos.

É usado principalmente em física nuclear e geração de energia, e às vezes em medicina para tratamento de tumores. Ocasionalmente, ele substitui os raios X para detectar danos nos reatores ou nas construções das aeronaves, pois é mais eficiente nesse caso.

E esse é apenas um exemplo. Não devemos esquecer que existem elementos como polônio ou plutônio, que também são metais. Seu preço pode chegar a dezenas de bilhões de dólares.


Você pode gostar desses artigos também: